Escadas rolantes

Saindo do vagão as pessoas corriam. Eram cinco horas da tarde e elas disparavam, primeiro pela escada rolante, e quando esta enchia de gente correndo, a ponto que ninguém mais podia correr, corriam então pelas escadas normais. Da primeira vez que viu isso não entendeu direito; pensou ser estranho tanta pressa, será que estavam todos

Os Oxímetros

Quem é que nunca segurou a bomba nos dentes como uma arataca? _ Tiuô, vamos brincar de médico? (Segura a corda) _ Ah, não! Não gosto de brincar de médico! (O frio da consciência pesada) A fraga na boca do Cão? O porco a maçã o titã a prole. Quem é que nunca contou os

Bricoleur

No sobrado daquela família havia um grande arcanjo pendurado na parede da sala. A pele sem vigor. Pálido. Os lumes desaparecendo no rosto galgaz afundando e afundando. Atingindo meio-dia o olho ficava completamente branco e luzia no espelho baixo que ficava ao lado do criado-mudo. Tinha o tinido da corda B. Era ali que o

Ir ao Topo